Brasília 06:01:45
Lisboa 06:01:45
Roma 06:01:45
Cotação Euro:
Portugal

Portugal mantém suspenso voos com Brasil até 16 de março

Publicado em 01-03-2021
Portugal mantém suspenso voos com Brasil até 16 de março

O Governo de Portugal vai prolongar até dia 16 de março as medidas restritivas do tráfego aéreo, mantendo-se suspensos todos os voos comerciais e privados com origem ou destino no Brasil e Reino Unido.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna divulgou neste sábado que as restrições ao tráfego aéreo se mantêm até dia 16 março e que os voos para e do Brasil e Reino Unido estão suspensos.

Os voos, com destino ou a partir de Portugal continental, de e para os países que integram a União Europeia e os países associados ao Espaço Schengen estão autorizados.

Paralelamente, estão também autorizadas viagens “exclusivamente essenciais” de e para países que não integram a União Europeia ou que não sejam associados ao Espaço Schengen, bem como de apoio ao regresso de cidadãos nacionais ou com residência legal em território nacional.

Os passageiros, com exceção das crianças que ainda não tenham completado 2 anos, têm de apresentar o comprovativo de realização de teste RT-PCR, realizado nas 72 horas antes do embarque, para o rastreio da infecção por SARS-CoV-2, com resultado negativo.

Segundo o Ministério da Administração Interna, o embarque é também permitido a cidadãos nacionais de países terceiros com residência legal em território nacional.

A tutela permite voos de repatriamento de cidadãos estrangeiros que se encontrem em Portugal continental.

Os cidadãos provenientes de países cuja taxa de incidência é igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes, além da apresentação do teste, têm de cumprir um período de isolamento profilático de 14 dias, “exceto para viagens essenciais cujo período de permanência em território nacional, atestado por bilhete de regresso não exceda as 48 horas”, esclarece a tutela.

Voos

Nesta sexta-feira, cerca de 300 brasileiros embarcaram num voo extraordinário de Lisboa a São Paulo, após negociações entre os dois países. A operação privada levantou críticas de muitos brasileiros que tinham passagens de outras companhias aéreas que não a TAP, e teriam que comprar novos bilhetes para conseguir embarcar.

Já para este sábado, portugueses aguardavam o avião de regresso a Portugal, e também reclamaram dos preços pedidos pela TAP no voo de repatriamento, com críticas ao governo. Cerca de 300 pessoas, incluindo portugueses em situação considerada prioritária, estão no voo lotado de SP a Lisboa, que chega pela manhã na capital portuguesa, segundo a RTP.

Relatos divulgados pela imprensa mostram que tanto em Portugal como no Brasil, muitos passageiros que não tinham condições de comprar bilhetes ficaram de fora de ambos os voos, precisando retornar ao seu país e sem condições de embarcar.

Segundo disse esta semana o presidente da Associação Brasileira em Portugal (ABP), há uma lista com centenas de brasileiros retidos em Portugal, com passagens compradas, que não conseguiram viajar no voo de sexta-feira.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.508.786 mortos no mundo, resultantes de mais de 112,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.243 pessoas dos 802.773 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Já a situação do Brasil vem piorando, com cidades anunciando lockdown e novas restrições, diante do aumento de internações hospitalares. Já são 252.988 mortes confirmadas e 10.457.794 de casos de Covid-19 no país.

Na sexta-feira, o Brasil teve seu terceiro dia consecutivo com recorde diário de mortes por covid-19, na média móvel de sete dias, de acordo com o painel Monitora Covid da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com a média móvel de 1.152 óbitos, maior número desde o início da pandemia.

Fonte: https://www.mundolusiada.com.br/turismo/portugal-mantem-suspenso-voos-com-brasil-ate-16-de-marco/